olhar-thumb.jpgQualquer produção de novo conhecimento está indelevelmente marcada pelo enfoque, pelo olhar, pela selecção e interpretação do investigador. Da diversidade, da riqueza, da profundidade, da maturidade, da novidade, do rigor de cada olhar decorrerá a possibilidade de maior florescimento de uma ecologia do conhecimento enraizada, dia a dia, no trabalho, na partilha e no debate aberto e empenhado.

No NIEC parte-se da diversidade de olhares, de enfoques, de contextos sociais e científicos em que cada membro se move. Mas, para que se torne possível a necessária investigação interdisciplinar - talvez também transdisciplinar - é imperativa a criação de um quadro comum de referência e a adopção de uma linguagem comum onde o movimento interrogativo-reflexivo-produtivo se desenvolva. Quadro de referência suficientemente aberto para manter e encorajar tal diversidade.

No capítulo 1 desta wiki procura-se afinar tal esteio do trabalho individual e colectivo subsequente. Parte-se da diversidade de perguntas de partida, perguntas alicerçadas em percursos de investigação e acção bem diferenciados. Pretende-se,“a par do rigor dos processos de investigação, a lisibilidade partilhada” (Rayou, P., 2004) dos mesmos processos e resultados, na medida em que “é impossível a reprodução total [de um ponto de vista estrito] das experiências relatadas numa situação de educação”. (Rayou, P., 2004) .

No capítulo 2 desta wiki apresentam-se as opções metodológicas tomadas visando o encorajamento da diversidade de perguntas, de percursos e respostas e a capacidade acrescida de reflexão conjunta, estruturada e aberta sobre umas e outros, suscitadora de novas e estimulantes partidas.

No capítulo 3 gizam-se as Linhas de Investigação estruturadoras dos trabalhos em curso. No capítulo 4 descreve-se o percurso da Equipa de Investigação, numa óptica de facilitação de uma mais eficaz gestão do conhecimento.

Ventura, T. 2011

Foto em claudinhobrasil.com